A ESSÊNCIA DA ESCRITA

Misteriosa beleza interior e maior praticidade podem ter sido a razão para o Samurai cobrir o punho da sua espada com couro de arraia. Cada um e cada detalhe dessas armas magistrais expressam o desejo de libertar o espírito de qualquer esforço deliberado.

"Ao empunhar uma espada, andar a cavalo, escrever – faça-o de tal forma como se você não fosse empunhar uma espada, andar a cavalo ou escrever. Então você irá realizar tudo sem resistência, ainda com facilidade e espírito", disse o lendário Samurai Yagyu Munenori. A caneta tinteiro stingray é perfeitamente adequada para descobrir o sentido da facilidade.

FACINAÇÃO

A arraia do sudeste asiático (Dasyatis sephen) pertence à grande família de arraias, cujo habitat é encontrado em todos os oceanos da Ásia.

A arraia está relacionado com os tubarões e é capturada com redes nos ricos pesqueiros orientais. Sua pele é caracterizada por um excepcional e fascinante padrão pérola.

Através de um processamento hábil e elaborado é produzido um dos mais notáveis couros atualmente em existência, imbuído de uma beleza excepcional encontrada nas profundezas do oceano.

DISTINÇÃO E SINGULARIDADE

Galuchat combina propriedades que normalmente são mutuamente exclusivas.

Possui um toque suave e macio, e ao mesmo tempo é extremamente flexível e resistente. Impermeável e à prova de fogo, considera-se ser o couro mais durável do mundo.

Além disso, destaca-se pela qualidade estética exclusiva: cada pele de arraia exibe um mosaico de pérola individualmente distinta e desenvolve nuances de cores especiais, algumas são derivadas do espectro cinzento antracite, enquanto outras são verde azeitona clara ou tons de marfim. Assim, o "Caneta do Ano 2005" está disponível em dois tons de cores diferentes, e cada caneta tinteiro possui a sua própria tonalidade e cor distinta.

TRABALHO ARTESANAL

Altamente valorizado na produção de luxo durante a era Art Déco o couro de arraia ou Galuchat coloca grandes desafios aos especialistas em artesanato.

Após cuidadosa seleção, a pele é submetida a um processo elaborado de IVA-bronzeamento. No entanto, mais de trinta passos adicionais de trabalho individuais são exigidos para o revestimento do corpo em Galuchat da "Caneta do Ano 2005".

Acabamento e polimento cuidadosamente repetidos são a chave para a aparência visual distintiva de cada caneta. Projetado com atenção nos mínimos detalhes, o acabamento banhado a platina representa uma obra de arte em artesanato.

APRESENTAÇÃO DE ALTA QUALIDADE

Caneta do Ano 2005

Os instrumentos de escrita individualmente numerados são apresentados em um exclusivo estojo de madeira e são acompanhados de um livreto belamente desenvolvido e um certificado de edição limitada.

INDIVIDUALIDADE 

O artesanato elaborado e individualmente distintas características do corpo fazem cada "Caneta do Ano 2005 ", um objeto único. O pena bicolor produzida à mão em ouro 18 quilates está disponível nos tamanhos M, B e F. O clipe sólido, com mola garante posicionamento seguro da caneta uma vez inserido em um bolso. Uma tampa banhada a platina protege o mecanismo do êmbolo.

Edição limitada a 2.000 canetas tinteiro